Persistência e perseverança elementos chave para ser empreendedor


Erica Manjate, nasci e cresci em Maputo, me considero uma pessoa dinâmica, alegre, um pouco tímida mas bastante comunicativa, corajosa, batalhadora e com um espírito de iniciativa muito grande. Tudo que faço é com bastante entusiasmo, entrega e acima de tudo amor. Estou sempre disposta a aprender e a empreender.

Tenho uma grande paixão por ervas e plantas medicinais e sempre quis controlar o meu próprio destino, ser independente e assim nasceu a Cura Verde que me permite usar a minha criatividade, vivo emoções, tenho flexibilidade em termos de tempo e horário, relaciono-me com diversas pessoas, crio empregos, provo de que sou capaz e contribuo para o desenvolvimento do meu país, para além de deixar uma marca.

Com a Cura Verde as pessoas ganham consciência sobre saúde e bem-estar. Quero com isto dizer, que a população está cada vez mais informada dos perigos que os medicamentos convencionais podem causar devido ao seu efeito tóxico. Daí buscam alternativas naturais para prevenção e cura para suas patologias, como por exemplo caso de miomas, quistos, trompas fechadas e inflamadas e problemas no sistema reprodutor feminino.

Até agora várias mulheres tem recorrido a Cura Verde por terem miomas e quistos enormes em que os médicos aconselham a retirar o útero. Grande parte delas ainda sem filhos, por sua vez, a Cura Verde tem sugerido a essas mulheres um composto (chá) que serve para eliminar infeções urinárias recorrentes, miomas, e quistos sem intervenção cirúrgica e os resultados são bastante encorajadores, vários são os testemunhos e relatos de pessoas satisfeitas.

Mas esta caminhada não foi fácil já pensei em desistir exatamente por falta de recursos financeiros e de uma boa estratégia de marketing e vendas. Os produtos são bons, mas entretanto não se vendia quase nada. Os primeiros meses foram bastante desencorajadores. Várias foram as vezes em que tive de tirar fundos próprios para alocar na empresa.

Apesar das dificuldades acreditei no potencial do negócio e acima de tudo na vontade de vencer. Acredito que na fase embrionária de um projeto, temos de contar com os percalços ou obstáculos que eventualmente iremos encontrar. Daí que a persistência e perseverança são importantes para um empreendedor.  Caso para dizer, “Roma não se fez em um dia” e tive o apoio dos meus parentes em todos os níveis.

Ser empreendedora não é fácil me lembro de um dos momentos mais difíceis da minha vida como empreendedora foi acreditar em um projeto (sem ser a Cura Verde) e não poder iniciar porque o banco não disponibilizou um crédito, já que não dispunha de recursos financeiros. Foi realmente frustrante! Mas com isso aprendi o dinheiro é importante sim. Mas a falta do mesmo não condiciona o começo (na totalidade) e nem o sucesso de um projeto. Quem faz o sucesso acontecer são as pessoas. A falta de recursos financeiros torna-nos mais audazes, mais criativos ou seja ajuda-nos a voar e dar azas à imaginação.

Hoje posso dizer sem dúvida, que valeu a pena! O meu maior orgulho é ver Cura Verde Moz como a segunda maior casa de plantas e ervas medicinais em Moçambique e que oferece os preços mais acessíveis do mercado, sinto que estou onde devia estar. Pelo facto de estar a fazer o que gosto, de poder ajudar pessoas, de criar emprego e de sentir gratidão vinda dos clientes. Na verdade vejo nos meus clientes, novos amigos, nova família. E gosto mais ainda de educar as pessoas no que toca a medicina alternativa. Cura vinda da natureza é sem dúvida a melhor. Sem conservantes, sem aditivos, sem corantes, sem químicos, sem absolutamente nada além do natural.

Quero que o meu negócio cresça ainda mais, sei que posso ir mais longe e que estou no caminho certo e aconselho a quem tem espírito empreendedor a enveredar por este caminho.

Share this Post

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *